Loading...
ECO FRIENDLYMAKE E CABELO

Hora da beleza em NYC – novidades

Continuando a apontar novidades direto de Nova Iorque, que tal pularmos dos assuntos turísticos, culturais e gastronômicos para o universo da beleza?

Esse post foi inspirado a partir de alguns eventos da área aqui no Brasil, pois vejo que quando as novidades chegam por aqui através de multimarcas o foco é sempre maquiagem, mas a minha paixão, como vocês podem perceber através dos textos aqui e no I Love Ecommerce, é o cuidado que vem antes dos pigmentos que serão aplicados nos olhos, bochecha e boca.

Meu foco, aliás, é sempre estar o mais natural possível e sem deixar o cuidado/saúde de lado.

Enfim, então é normal me pegar durante uma viagem explorando o que está em destaque nas lojas especializadas em beleza na área de pele.

Fiz isso na Sephora de Nova York, por exemplo, e encontrei coisas bem legais:

Começo pelo óleo de limpeza feito com camélia da Tatcha, uma marca que se inspira nos rituais de beleza das gueixas de Quioto para criar produtos que sejam altamente seguros para o uso, mas também totalmente eficazes.

Na linha você encontra produtos feitos com pérolas, algas, chá verde, ouro e arroz. A dona, Victoria Tsai, resolveu criar sua própria linha de beleza após um tempo trabalhando no Japão e seu encontro com uma gueixa dentro de uma loja de beleza. Ela revelou que a mulher estava completamente sem maquiagem e com uma pele impecável. Daí pra frente suas pesquisas começaram. A Tatcha é cruelty free.

O óleo de camélia em questão tira até a maquiagem mais pesada. Testei e comprovei!

tatcha-tata-harper-cruelty-free-beauty

O segundo destaque de beleza é a marca Tata Harper, que já estou de olho desde minha viagem para Bal Harbour, onde a conheci dentro do Gee Beauty e me apaixonei.

A linha é cem por cento natural, cruelty free e não tóxica, além de ter a produção local, pequena e muito fresca.
Dessa vez foquei no Hydrating Floral Essence Moisture Boosting Toner da marca, spray de hidratação muito leve e com cheiro que não vai atacar a rinite alheia. Ele pode ser usado de cara lavada ou por cima da maquiagem, ajuda a diminuir poros, tonificar e iluminar a pele.

Mousse de ovo no rosto: mas claro que sim! Ainda mais se for coreano!

O nome da marca coreana Too Cool For School é ótima, assim como suas embalagens e produtos para o rosto. Lá em Seul eu já tinha começado a brincar com os produtos, mas foi em Nova York que testei a máscara facial feita com ovo, a Egg Mousse Pack. Você precisa apenas de cinco minutos daquele merengue branco no rosto para sentir a pele mais leve e hidratada.

E o cheiro é bom. Ah, a marca garante que é cruelty-free, mas não consegui ter absoluta certeza sobre isso. Continuarei pesquisando e torcendo para que seja.

Para quem ama uma renovação profunda, os dois destaques da Sephora em Manhattan é a escova sônica para limpeza facial Luna Mini 2 com seu design ótimo para levar na mala de viagem e toque muito suave, além de opções de cores para todos os gostos, e a máscara da Boscia que virou sucesso na internet (já falamos dela em um outro post).

novidades-para-a-pele-sephora-nova-iorque

Sua cor negra já é linda e impactante, mas o que realmente faz a diferença é o ativo mineral que deixa a pele mais iluminada e fresca.

Nos resultados das pesquisas com voluntárias, após quatro semanas 91% das entrevistadas relataram que a pele estava mais macia após o uso. Esse mesmo número disse também que sentiu menor oleosidade.

A Boscia não conduz testes em animais, mas vende na China e por lá os testes são feitos por organizações governamentais, então a marca não pode ser considerada Cruelty Free.

Fechando a seleção com um aparelho para loucas por gadgets de beleza, que tal ter um aparelho de laser de diodo com a mesma função daqueles dos consultórios dermatológicos, só que aprovado para uso doméstico?

A Tria, marca que tem aprovação do FDA para comercializar esse aparelho, foi destaque em 2015 entre os produtos queridinhos de beleza da Revista InStyle USA com o Hair Removal Laser 4x, que pode ser usado no rosto e corpo.

aparelho-depilacao-a-laser-em-casa

O preço em dólar fica na casa dos U$400, então é bom pensar no custo-benefício de ter um ou ir ao dermato. Por mais que eu seja apaixonada por gadgets, ainda prefiro fazer laser com quem entende do negócio, pois tenho um certo medo desses disparos em casa. Vai que eu faço alguma besteira, não é mesmo?

Fotos: Paula Roschel e divulgação.

One comment

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: