Loading...
HARDNEWS

Duas dicas boas e baratas: moda e beleza

É bom encontrar opções de compra com qualidade legal e ótimo preço, pois digamos que esbanjar não é bem o que todo mundo gosta ou pode, mas também se entregar ao fast-fashion para adquirir coisas descartáveis também não é bacana ou consciente.

Se você pensa dessa forma e está atrás de um bom corretivo e uma ótima roupa básica, aqui estão as dicas da semana do JornaldamodA:

1 – Para falar de beleza, que tal um corretivo super sequinho e com cobertura na medida?
Essa é a novidade da Maybelline com a linha Fit Me. Ela, no total, vem com base, pó, corretivo e blush, mas a minha paixão mais intensa foi mesmo a cobertura de pequenas imperfeições com essa pequena bisnaguinha que cabe em qualquer bolsa.
Vale ressaltar que ele é maravilhoso para olheiras médias. As minhas, por exemplo, não são muito escuras, mas possuem um leve “afundadinho” que dá aquela cara de cansaço quando eu não durmo legal. Passei o Fit Me por cima, em movimento triangular (minha dica para não ficar com cara de panda invertido) e só! Nem base no restante do rosto eu passei, muito menos pó para secar o corretivo, que já é bem matte.

resenha-corretivo-fitme-maybelline

O preço? Maravilhoso, como tudo da Maybelline: você acha por uns R$28, facilmente.

2 – Quer comprar roupa, mas está sem muita verba? Vai até linhas fast-fashion e acha que a qualidade não está das melhores? Meu achado fica então para rede australiana Cotton On. Conheci de fato a rede e as peças bem recentemente, na minha viagem para Sydney, e me apaixonei!

Eles vendem roupas bem básicas, como leggings, blusas, camisetas, shorts e agora, no inverno, gorrinhos fofura:

Gorro Cotton On com pompom - R$22,90
Gorro Cotton On com pompom – R$22,90

O diferencial é a qualidade, superior ao que costumamos chamar de fast-fashion.
Eles estão aqui no Brasil desde o ano passado, mas ainda não fizeram muito alarde como uma Forever 21, por exemplo.

Então onde achar? Shopping Anália Franco, Center Norte, Jundiaí, Morumbi e Parque São Caetano.

Ah, e um pedido para a marca: cadê o e-commerce no Brasil? Gente, e-commerce é vida!

Fotos: Divulgação.

One comment

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: