Moda italiana: cores e estampas

Quer um resumo do que aconteceu de melhor na Semana de Moda de Milão? Estampas, looks confortáveis e leves estão entre os destaques.

Versace
Um desfile emocionante e cheio de referência histórica sobre a vida e trabalho de Gianni Versace, estilista e criador dessa que é uma das marcas mais famosas do mundo e que foi assassinado em 1997.

Para celebrar, Donatella Versace resolveu resumir a trajetória do irmão com muito dourado e estampas, DNA da marca:

Bottega Veneta
Síntese da primavera/verão 2018,  a coleção que mais parecia um arco-íris harmônico foi desfilada por salas distintas do Palazzo Archinto.
“São peças muito fáceis. Mesmo os vestidos longos são como t-shirts,”explica o designer Tomas Maier.

Salvatore Ferragamo
Outra marca que abusou das cores, peças fáceis de usar e cheias de conforto foi a Salvatore Ferragamo:

“As mulheres não são iguais – eu queria celebrar a individualidade e o estilo das mulheres, através de cores vibrantes – a feminilidade em constante evolução.” Diz Fulvio Rigoni, Diretor de Design de Ready-to-Wear da Salvatore Ferragamo.

Emiliano Pucci
Fechando nossa seleção, a Emilio Pucci armou uma verdadeira pool party com muitos looks leves, como caftãs, liquid pants, vestidos  e túnicas,  babados, cristais e pegada esportiva.

A cartela de materiais ficou entre duchesse, jersey, faille, cetim, georgette, atoalhado, algodão com elastano, seda lavada e couro vazado.

Fotos: Divulgação.

One Comment
  1. Pingback: Moda italiana: cores e estampas – Franquia Das compras

Comments are closed.