Charity pot: beleza ajudando Mariana

O município de Mariana passou pela maior tragédia de sua existência após o rompimento da barragem da Samarco, em cinco de novembro de 2015 e ainda não se recuperou. Foram dezoito vidas perdidas, um desaparecido e uma catástrofe ambiental sem precedentes, mas que segue ainda um rumo quase ‘sem rumo’ para a recuperação da vida dos habitantes da região e seus meios de sustento, vindos da natureza.

Sabemos que a burocracia no nosso país deixa isso ainda mais lento e complicado, mas através de uma iniciativa que, ironicamente, vem de fora do Brasil, muitos cidadãos do município conseguiram ajuda. E esse projeto se chama Charity Pot, unindo beleza e solidariedade ao redor do mundo.

Quer dar sua contribuição para iniciativas sociais que vão tentar melhorar essa situação de Minas Gerais e tantas outras? A Lush, marca britânica que já era bem querida pelo JornaldamodA por usar ingredientes naturais e com produção totalmente livre de crueldade animal, traz agora para o Brasil esse projeto já presente em outros 35 países.

charity-pot-lush-ajudar-brasil

Na prática, ele é um pote de creme hidratante para corpo e mãos e que tem toda venda mundial (exceto impostos) revertida para projetos sociais cuidadosamente selecionados e com atuação direta na raiz dos problemas relacionados aos direitos humanos, dos animais e meio ambiente.

O creme está disponível para venda a partir do dia 25 de junho na loja física e virtual e tem um ótimo preço – R$31 (45g) , além de ser vegan.

Mais informações sobre sua composição:
– Contém óleo de oliva obtido por Comércio Justo, que hidrata e protege
– Tem também óleo de pau-rosa,um antisséptico que também é estimulante
– Para perfumar, óleo essencial de ilangue-ilangue

Foto: Divulgação.
Observação: Não é publicidade, é informação e ajuda!