Quanto custou para fazer essa bolsa? E comprar?

Sei que não acontece isso sempre com todo mundo, mas vez ou outra você já pensou em quanto custa para fazer aquela peça da vitrine e o quanto a marca está lucrando em cima?

O que avaliar? A matéria-prima, o acabamento, o desenho, enfim, todas as etapas do processo produtivo, a comercialização, o marketing, impostos, etc. Mas sabemos que muitas vezes a conta não fecha e quem acaba lucrando é sempre o vendedor, não o produtor, e é aí que uma marca de bolsas do Ceará inova.

Eles abriram as planilhas para revelar os segredos de suas bolsas artesanais com a campanha #umaconversasincera.

bolsas-catarina-mina

Celina Hissa, estilista da marca Catarina Mina, resolveu usar crocheteiras para ajudar no processo criativo e quebrar um pouco aquela onda de rapidez da moda, conhecida pelo fast-fashion:  “Quando você tem essa pressão para criar como o fast-fashion, acaba copiando e perde o timing, a oportunidade de inovar”, conta a designer.

E onde esses custos aparecem?

É só entrar na loja virtual da marca (catarinamina.com) e descubrir conta por conta. Vamos para um exemplo retirado de lá? Veja esse modelo de bolsa bege:

Quanto custou para fazer essa bolsa? E comprar?

Custos por produto:
– Matéria-prima: Metais (R$ 18,10) + Fios e Tecidos (R$ 19,44) = R$ 37,54
– Artesã: (R$ 40,00 + R$ 29,92*) = R$ 69,17
(*além do valor fixo a artesã ganha uma porcentagem da venda)
– Costura, corte, revisão, acabamento: R$ 16,75
– Embalagem (etiqueta, saquinho, etc.): R$ 5,59
– Impostos: R$ 19,45
– Despesas com sistema de pagamento virtual: R$ 23,94

Custos fixos por produto*:
– Despesas com marketing: R$ 55,56
(fotografo, mídias sociais, etc.)
– Despesas com espaço físico e operacional: R$ 59,36
(água, luz, aluguel, transporte, assistente, etc.)
– Encargos trabalhistas: R$ 11,31
– Artesã da equipe criativa: R$ 16,66
– Designer e assistentes de criação: R$ 32,50
(*Aqui é feita uma média referente aos custos fixos mensais. Este custo é dividido pela produção do mês. Para tal calcúlo foi tirada como base o ponto de equilibrio da empresa. O lucro vai depender do número de peças vendidas e dos custos fixos)

Valor final: R$399.

Nós, do JornaldamodA, gostamos muito dessa ideia.

Foto:Divulgação.