Maquiagem x olho: os cuidados

Você tem dúvidas sobre o uso de maquiagem e a saúde dos olhos? Eu também! E por esse assunto despertar tantas questões que pedi uma grande ajuda ao oftalmologista Richard Yudi Hida, especialista pelo Departamento de Oftalmologia da Santa Casa de São Paulo. Prontas para casar beleza com saúde? Vamos lá!

Paula Roschel: Como maquiagem pode irritar os olhos?
Dr. Richard Yudi Hida: O mal uso de rímel, delineador, lápis e sombra podem causar irritações oculares, reações alérgicas, além de conjuntivite e blefarite (inflamação das bordas das pálpebras). Porém, a maioria dos problemas dos olhos relacionados com a maquiagem é causado pela falta de remoção dos resíduos (ou do removedor) que acumula ao redor da borda das pálpebras.

P: Muitos maquiadores usam colírio antes de começar a maquiar suas clientes, adianta alguma coisa para a saúde dos olhos?
Dr.: Os produtos residuais da maquiagem, mesmo utilizado de forma correta, causam irritação leve nos olhos. A maioria dos maquiadores usam colírios chamados “vasoconstritores”, que faz o papel de deixar a conjuntiva (“parte branca dos olhos”) menos irritada durante e após o uso da maquiagem. Porém, o uso crônico desses colírios pode causar dependência ou outros danos oculares. É necessário tomar cuidado também para não compartilhar o mesmo colírio com várias pessoas, para não transmitir doenças oculares através da ponta do frasco do colírio ou contaminação do produto. Todo uso de colírios deve ser consultado pelo seu oftalmologista. O uso indiscriminado, sem orientação médica, pode causar danos irreversíveis, dependendo do colírio utilizado. Alguns efeitos colaterais são bem conhecidos como o aumento da pressão intraocular e catarata (colírio contendo corticoide). Portanto, é importante só utilizar colírios sob orientação do seu oftalmologista, que estejam dentro do prazo de validade e, sobretudo, dar atenção à higiene das mãos antes da aplicação.

eye-440843_640

P: Se estou terminando o make e um pouco de sombra ou outro produto entrou nos olhos, terei que tirar tudo para lavá-los? O que fazer?
Dr.: Quaisquer produtos que entre nos olhos deve ser examinado pelo oftalmologista para avaliar sua gravidade. De imediato, o olho deve ser lavado com água corrente e depois encaminhado para o oftalmologista para avaliação. Qualquer produto que caia nos olhos pode causar danos graves na córnea ou na conjuntiva. De forma prática, na hora da maquiagem, o maquiador deve retirar TODA maquiagem envolvendo a pálpebra e os olhos, lavar os olhos com água corrente e refazer a maquiagem.

P: Quais os principais cuidados com os olhos na hora do make? O que evitar?
Dr.: Primeiramente, deve-se pesquisar se o produto é liberado pelos órgãos nacionais responsáveis (ANVISA, por exemplo). Segundo, caso tenha qualquer sintoma diferente, é indispensável procurar seu médico imediatamente e suspender seu uso. É importante perguntar ao cliente se tem algum tipo de alergia ou intolerância a algum produto (no caso de um maquiador). Terceiro, seguir as instruções do fabricante rigorosamente. O local de armazenamento também é importante. Deve ser fresco e seco. Os lugares úmidos e sujos podem aumentar a proliferação de microorganismos, como os fungos, e estragar o produto. É de extrema importância também não dividir a maquiagem com outras pessoas, pois esta é uma das formas mais fáceis de contaminar o produto. Existem aplicadores de uso individual descartável para estas ocasiões.

P:Existe algum tipo de produto que é menos agressivo?
Dr.: Sim, existem produtos hipoalérgicos, para pessoas com a pele mais sensível.

CONSIDERAÇÕES FINAIS
Todas as maquiagens devem ser removidas diariamente, pois tais produtos acumulam na borda da pálpebra e causam inflamação e alterações da própria lágrima.
Muitos produtos de remoção da maquiagem são utilizados de forma errada, com quantidade excessiva penetrando nos olhos. Tais produtos também devem ser removidos da borda da pálpebra com sabonetes neutros.
Existem glândulas especiais ao redor das pálpebras que controlam a qualidade da lágrima. Essas glândulas são extremamente sensíveis a esses produtos e podem causar danos irreversíveis ao nossos olhos.

Foto: Pixabay.